O Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG), por meio da Agência
experimental de Comunicação (AGEX) lança no dia 06 de novembro a página
SOMOS TODOS IMIGRANTES na rede social Facebook. A página foi
desenvolvida pela equipe integrada por estagiários e bolsistas dos cursos de
Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda. A ideia do projeto
é integrar os imigrantes de todas as etnias à sociedade, acabar com o
preconceito e mostrar que a vinda dos imigrantes é uma importante
contribuição social e cultural para a cidade.
O material é resultado do projeto Imigrantes no século XXI desenvolvido pela
FSG em cooperação com o Ministério Público Federal. O trabalho vem sendo
realizado desde 2015, por uma equipe multidisciplinar composta por alunos dos
cursos de Direito, Relações Internacionais e Comunicação e o Centro de
Atendimento ao Migrante – CAM.
Na época o CAM não estava preparado para receber imigrantes internacionais,
e chegavam inúmeros pedidos de refúgio. A principal dificuldade era a
comunicação e o Centro Universitário da Serra Gaúcha disponibilizou auxilio
nas traduções. A partir desse momento foi identificada a necessidade de
formatar o projeto Somos Todos Imigrantes, com o objetivo de conhecer as
principais demandas da comunidade estrangeira.
O coordenador do projeto, professor do curso de Direito, Leonardo Camargo
Subtil, explica que o primeiro passo foi a aplicação dos questionários aos
grupos de senegaleses e haitianos que estavam chegando na cidade. Por meio
dos estudos realizados identificou-se a necessidade da criação canais de
informações, onde eles pudessem obter informações precisas das suas
dúvidas mais frequentes. A compilação dos resultados apresentados ao
Ministério Público Federal – MPF, foi o gancho para elaborar um material que
fosse eficaz para ajudar os imigrantes ao acesso dos direitos fundamentais,
como moradia, saúde, educação, serviços públicos e alimentação.
A página do Facebook é o principal canal de comunicação, e também há uma
cartilha explicando como e onde os refugiados podem ter acesso a estes
direitos. O canal contém informações para auxiliar na chegada dos imigrantes
ao país, fornecendo dicas de como fazer a documentação, utilizar serviços
públicos como alimentação e saúde.

Acesse a página e confira!