O Troca AÊ mobilizou os alunos da Faculdade da Serra Gaúcha (FSG) na última quinta e sexta-feira, 28 e 29 de abril. O evento foi organizado pela Agência Experimental de Comunicação para o compartilhamento de livros entre todos da comunidade acadêmica. A ação visou ressaltar a importância da leitura e do livro físico em meio à era digital.

A professora Adriana Miorelli Carniel afirma que a ideia do projeto era antiga e o Dia Internacional do Livro, comemorado no dia 23 de abril, foi um pretexto para iniciá-lo. A partir de agora, pretende-se fazer a ação todo mês e transformá-la em uma atividade institucional da FSG. “Essa é uma forma de sustentabilidade por colaborar financeiramente e também incentivar aqueles que não possuem o hábito de ler”, diz a professora.

De acordo com os participantes, o Troca AÊ foi uma ótima iniciativa para não deixar os livros parados e para que outras pessoas possam desfrutar de sua leitura. Muitos estudantes, incluindo Gilson Prestes dos Santos, 61, estudante de Direito, trocaram e doaram livros ao Troca AÊ. “Leio de tudo, não apenas relacionados a minha área de estudo. Ler é essencial”, afirma Gilson.

Para Gabriel Radaelli, 20, estudante de Publicidade e Propaganda, a leitura é importante para ampliar as expectativas em relação a vida. “Todo livro deveria ser trocado depois de lido, pois se deixado na gaveta, perde o seu valor de transformar a vida de alguém. Antes de ler somos uma pessoa e depois somos outra”.